A Nissan também entrou para o time das fabricantes que apostam em carros autopilotáveis. Isso porque a marca japonesa acaba de apresentar no Salão do Automóvel de Tóquio o conceito IDS, modelo elétrico dotado de tecnologia autônoma de condução.

De acordo com a Nissan, há duas formas de utilizar o IDS: no modo Manual Drive, em que a condução do veículo é feita pelo motorista por meio do volante, como em um carro convencional ou no Piloted Drive, que transforma o carro em um verdadeiro autônomo. Ao escolher a segunda opção, o volante do veículo é recolhido automaticamente, sendo que em seu lugar surge uma tela informativa.

 

O IDS foi projetado com assentos giratórios para que o carro possa se transformar em uma espécie de sala de estar. Vale destacar que o modelo comporta até quatro ocupantes.

A Nissan não revelou até o momento todos os detalhes técnicos do IDS. Já se sabe, porém, que ele conta com um pacote de baterias de íon lítio de 60 kWh, enquanto que a potência e autonomia não foram informadas. A fabricante japonesa garante que o IDS será capaz fazer viagens longas.

A carroceria do IDS é feita em fibra de carbono para deixá-lo mais leve. Os detalhes do visual futurista e as praticidades da cabine podem ser conferidas no vídeo abaixo, que mostra o IDS sendo utilizado no dia a dia.