Há cerca de um mês a Audi anunciou o inicio da fabricação do A3 Sedan 1.4 TFSI no Brasil, na unidade de São José dos Pinais (Paraná). A expectativa é de que o veículo chegue às lojas no mês de novembro. No entanto, a reportagem do Carsale já flagrou o modelo rodando na Avenida do Estado, na cidade de Santo André, (SP).

O principal destaque do A3 Sedan brasileiro é que ele estreia como o primeiro modelo da Audi no mundo equipado com motorização bicombustível. De acordo com a fabricante, o consumo do sedã com gasolina é de 11,7 km/l na estrada e 14,3 km/l na cidade, enquanto que as médias com etanol são de 7,8 km/l na estrada e 9,9 km/l na cidade.

O sedã fará a sua estreia com o bloco 1.4 TFSI de 150 cv, ou seja, 22,9% mais potente que a versão anterior (122 cv). Além disso, também houve um acréscimo de torque na casa dos 25%, saindo dos 20,4 kgfm para 25,5.

 

Embora tenha ganhado potência, o A3 Sedan nacional perde o câmbio de dupla embreagem e sete velocidades (DSG). A marca alemã substituiu o sistema pela transmissão automática de seis velocidades (Tiptronic). Outro ponto é a adoção de suspensão que deixou de ser do tipo multilink para contar com eixo de torção.Quem já viu o carro de perto afirma que o acabamento permanece típico de um modelo premium.

Embora a Audi não tenha divulgado os preços do A3 Sedan nacional, acredita-se que o lançamento deverá manter os preços atuais da linha, ou seja, com preço inicial por volta dos R$ 100 mil.

A Audi também confirmou que na fábrica de São José dos Pinhais serão produzidos o A3 com motorização 2.0, que chega às concessionárias em janeiro de 2016, e o utilitário esportivo Q3, previsto para começar a ser vendido em abril do mesmo ano.

Fotos: Renan Rodrigues e Divulgação