Além de fabricar supercarros adorados em todo o mundo, a Ferrari está se provando um ótimo investimento na bolsa de valores. A empresa ofertou ontem 17.180 milhões de ações a serem vendidas por US$ 52 cada, com isso, até o momento, a empresa já levantou US$ 893.100.000.

Se todas as ações fossem vendidas por este valor, a marca alcançaria US$ 982.400.000 milhões, incluindo os papéis que ficam com os subscritores. Por fim, de acordo com relatórios da Bloomberg, o valor de mercado atual da empresa é de US$ 12 bilhões. Assim que começaram as negociações, os valores da ação começaram a subir, atigindo o pico de US$ 60.96.

Porém, o grande vencedor mesmo é o grupo FCA, que está prestes a levantar um total de US$ 4 bilhões com as próximas ofertas de ações, de acordo com a Bloomberg. Com nove por cento da Ferrari ofertada na bolsa de Nova Iorque, um por cento dado aos subscritores, a marca terá 80% distribuido aos investidores em 2016, desses, 30% pertencem a família Agnelli. Piero Ferrari detém os outros 10% e não pretende negocia-los.