A Ford aposta fortemente em utilização de impressão 3D para a criação de peças para seus protótipos, a estratégia acelera o processo de criação, fazendo com que os engenheiros possam fazer vários testes em um mesmo modelo durante um dia. O destaque fica para o novo GT e para o Mondeo Vignale.

Em um vídeo disponibilizado pela fabricante, é revelado que o volante esportivo multifuncional do GT, inspirado nos utilizados na Fórmula 1, foi feita usando a tecnologia. Assim como a grade frontal hexagonal do Mondel Vignale, que é voltado para o alto luxo. A grade conta com moldura em alumínio e acabamento metálico escurecido e barras cromadas. A mesma técnica foi utilizada para as rodas de liga-leve de 19 polegadas, bem como as ponteiras cromadas do escapamento.

Segundo a Ford, mais de 500 mil peças foram impressas em 3D, levando em consideração que a primeira máquina destinada para este fim foi adquirida pela empresa em 1988, sendo apenas a terceira máquina produzida no mundo. O custo da peça é estimado em mil euros, ou seja, baixíssimo para uma fabricante deste porte. Confira o vídeo: