Um mês depois de a Bentley apresentar mundialmente, durante o Salão de Frankfurt, o SUV Bentayga, um engenheiro da marca revelou que a motorização a diesel do modelo será sobrealimentada com um turbocompressor elétrico. O propulsor, aliás, também equipará uma versão de alto desempenho da nova geração do Audi Q7. A informação foi divulgada pelo site WorldCarFans.

Embora os detalhes desse motor não tenham sido revelados, rumores da imprensa internacional afirmam que o bloco de 4.0 litros V8 turbodiesel será capaz de gerar aproximadamente 435 cv de potência e superar os 100 kgfm de torque.

O propulsor turbodiesel complementará a gama do primeiro SUV da história da Bentley que, em sua versão topo de linha, leva sob o capô um enorme motor a gasolina de 6.0 litros de 12 cilindros dispostos em W dotado de dois turbos. A unidade gera 616 cv e 91,7 kgfm. Com esse trem de força, o Bentayga chega aos 100 km/h em 4,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 301 km/h.

Foto: Guilherme Silva