A Volvo apresentou, na última quinta-feira (15), uma nova plataforma modular para carros compactos, batizada de CMA, ou Compact Modular Architecture (Arquitetura Modular Compacta, em português). A estrutura é inspirada na Scalable Product Architecture (SPA) utilizada na nova geração do SUV XC90.

Segundo a Volvo, nos próximos quatro anos, todos os seus carros serão substituídos por modelos baseados em uma dessas plataformas. A CMA permitirá à marca sueca aumentar a sua gama de compactos e até mesmo atuar em novos segmentos. O primeiro carro montado sobre a CMA será lançado somente em 2017 – ainda não há previsão de o modelo ser vendido no Brasil.

Com essa renovação de seus modelos, a Volvo pretende aumentar as suas vendas globais em aproximadamente 800 mil carros por ano. O lançamento do novo XC90 foi o primeiro passo dessa estratégia, enquanto o sedã S90 será apresentado em breve. A Volvo diz ainda que a outra meta é não ter mais vítimas fatais ou feridos graves em seus carros a partir de 2020.

Fotos: Divulgação