A Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou a terceira revisão das projeções de vendas e produção de autoveículos para 2015. A entidade acredita que o licenciamento total de automóveis e comerciais leves neste ano deverá apresentar queda de 27,4% em relação a 2014, totalizando 2,5 milhões de unidades ante 3,5 milhões no último ano. Já a produção deverá recuar 23,2%. As exportações, no entanto, tiveram os números revisados para cima, com alta de 12,2%.

“Ao analisar o cenário conjuntural, acreditamos que o ritmo vivenciado de julho a setembro será mantido no quarto trimestre, o que indica estabilidade nas vendas nestes próximos três meses. Especificamente no caso das exportações, as condições atuais representam uma oportunidade para ampliarmos nossos negócios”. afirma Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea.

No balanço mensal, o licenciamento de automóveis e comerciais leves caiu 3,%, com 200,1 mil unidades em setembro contra 207,3 mil em agosto. Comparando o nono mês com setembro de 2014 a queda é de 32,5%. Os números do acumulado de 2015 (1,95 milhão de autoveículos) ante o mesmo período de 2014 (2,52 milhões) a retração é de 22,7%.

Em setembro, o resultado da produção 174,2 mil unidades, ficou 19,5% abaixo das 216,6 mil unidades do mês anterior e 42,1% menor ao se defrontar com as 300,8 mil de setembro do ano passado. No ano, a soma de produção registra queda de 20,1% quando comparadas as 1,90 milhão de unidades com as 2,38 milhões de 2014.

Em setembro, as exportações do ano chegaram a 33,5 mil unidades, baixa de 3,2% em relação a agosto, com 34,6 mil, e acréscimo de 28,7% contra as 26 mil de setembro de 2014. No acumulado as exportações somam 293,4 mil unidades, 12,3% acima em relação ao volume de um ano atrás, com 261,3 mil unidades.

+ Veja também os carros que ficaram no Top 10 de vendas em setembro.