Prestes a lançar o A3 Sedan fabricado no Brasil, a Audi já comemora os resultados de vendas no acumulado do ano de 2015. Até o mês de novembro, a fabricante soma 12.438 veículos comercializados, volume 39,6% maior que em 2014. Considerando apenas o nono mês, a marca das quatro argolas emplacou 1.433 unidades, montante 34,5% superior ao mesmo período do ano passado. Com isso, o último mês se consolida como o melhor setembro da história da marca.

Até o final deste ano a Audi promete mais novidades, incluindo o novo A1 e a produção do A3 Sedan 1.4 TFSI Flex, a partir deste mês, em São José dos Pinhais, no Paraná. No mesmo local também serão feitos futuramente o o A3 com motorização 2.0, que chega às concessionárias em janeiro de 2016, enquanto o Q3 está previsto abril do mesmo ano.

Outro exemplo de aposta da Audi no Brasil é que nos próximos meses a marca irá inaugurar revendas no ABC Paulista e na capital de São Paulo, chegando ao final do ano com 50 concessionárias no Brasil. Na área de pós-vendas a fabricante investirá R$ 12 milhões até 2016. Com todas essas ações, o objetivo da fabricante alemã é de comercializar 30 mil carros por ano até 2020, de acordo com Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil.

Foto: Divulgação