Projeto global, o novo Ford Ka foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (23) na Índia, país onde recebeu o nome Figo e tem gerado expectativas desde o seu lançamento no Brasil, há cerca de um ano. Em comparação com o carro brasileiro, o modelo indiano chega com diversas diferenças de conteúdo, entre elas a opção de uma motorização a diesel e câmbio automatizado de dupla embreagem.

No país asiático, os preços do Ka variam entre 429.900 rúpias para a versão de entrada com motor de 1.2 litro a gasolina (o equivalente a R$ 26.730 em conversão direta) e 740 mil rúpias (R$ 46 mil) para a variante Titanium+ com propulsor de 1.5 litro movido a diesel.

Enquanto a configuração mais barata conta com airbag apenas para o motorista, a mais cara sai de fábrica com seis bolsas infláveis, ar-condicionado automático, assistente de partida em rampa, espelhos com rebatimento elétrico e sistema multimídia com tela de 4.2 polegadas, Bluetooth e CD/MP3/USB/AUX. No caso da versão Titanium com motor 1.5 a gasolina e transmissão automatizada, há o acréscimo de controles de estabilidade e tração.

Os motores a gasolina disponíveis para o Ka indiano são os seguintes: 1.2 litro de 88 cv de potência a 6.300 rpm e 11,4 kgfm de torque a 4.000 rpm; 1.5 litro de 112 cv a 6.300 rpm e 13,8 kgfm a 4.250 rpm. Este último pode ser associado a caixa PowerShift de seis marchas e dupla embreagem.

Já o bloco de 1.5 litro a diesel rende 100 cv a 3.750 rpm e 21,9 kgfm entre 1.750 e 3.00 rpm. Segundo a Ford, esse propulsor tem consumo médio de 25,83 km/l.

No Brasil, o Ka é oferecido com motorizações flex 1.0 de 85 cv e 1.5 de 105 cv (potências com etanol) e seus preços vão de R$ 39.990 (SE 1.0) a R$ 49.290 (SEL 1.5).

Fotos: Divulgação