A Lotus anunciou, nesta quarta-feira (23), que está desenvolvendo um SUV global a ser oferecido inicialmente na China, onde será produzido. O primeiro utilitário esportivo da marca britânica deverá chegar ao mercado em 2020 para competir com o Porsche Macan – e consequentemente com o Jaguar F-Type.

O CEO da Lotus, Jean Marc Gales, disse ao site Automobile Magazine que o futuro carro será o mais leve de sua categoria e, ao contrário da maioria de seus rivais, que são baseados e carros de passeio, o modelo da Lotus está sendo projetado desde o início como um SUV. A produção na China, onde a empresa tem uma joint venture com a Goldstar Industrial, não impactará no “padrão Lotus”, ao menos de acordo com Gales.

Questionado se o carro terá duas ou quatro portas, o chefe da marca disse que estão trabalhando em desenhos possíveis, mas, definitivamente, o modelo terá portas traseiras. Para confirmar a ideia de um carro leve, os engenheiros estão trabalhando para deixar o modelo cerca de 200 kg mais leve que os concorrentes. O Porsche Macan S, principal rival, pesa 1.865 kg, por exemplo.

Foto: Conceito APX / Divulgação