Após ser revelado em flagras e até mesmo em fotos tiradas na linha de montagem, o novo Hyundai Elantra foi apresentado oficialmente na Coreia do Sul, onde é chamado de Avante. Em sua sexta geração, o sedã médio ganhou 20 milímetros no comprimento e ficou 25 mm mais largo em comparação ao modelo anterior, o que significa um ligeiro ganho de espaço interno.

De acordo com a Hyundai, o espaço da cabine do novo Elantra pode ser comparado ao de modelos de segmentos superiores. A marca diz ainda que o acabamento interno está mais refinado graças ao uso de materiais de qualidade superior. O isolamento acústico também foi revisto.

O painel também foi redesenhado, ganhando uma aparência mais sóbria. O console central foi reposicionado 6.9 graus em direção ao motorista para facilitar o acesso aos comandos.

Conhecido por ter um rodar mais durinho, o Elantra teve o sistema de suspensão reformulado para proporcionar mais conforto aos ocupantes, porém, sem prejudicar a dirigibilidade. A direção com assistência elétrica também foi otimizada e, segundo a Hyundai, está com respostas mais rápidas.

O novo Elantra será oferecido na Coreia do Sul com duas opções de motor a gasolina: 1.6 litro GDi de 132 cv de potência e 16,4 kgfm de torque e 2.0 MPi de ciclo Atkinson, que desenvolve 149 cv e 18,3 kgfm. Já a variante movida a diesel é um bloco de 1.6 litro turbo com injeção direta de 136 cv e expressivos 30,5 kgfm.

Todas as motorizações estarão disponíveis com transmissões manual ou automática de seis marchas. No caso do propulsor a diesel, há a oferta de uma caixa automatizada de sete marchas e dupla embreagem.

O novo Hyundai Elantra será apresentado mundialmente no Salão de Frankfurt, na Alemanha, na semana que vem. Já a versão destinada à América do Norte terá um evento próprio durante o Salão de Los Angeles, nos Estados Unidos, em novembro.

A expectativa da Hyundai é de comercializar 50 mil unidades do novo Elantra em seu país de origem ainda em 2015. A partir do ano que vem, a meta é vender 700 mil carros globalmente, sendo 110 mil exemplares apenas no mercado coreano.

Fotos: Divulgação