Durante uma conferência realizada nesta quinta-feira (3), em Paris, a Renault apresentou a sua nova estratégia global de veículos comerciais. Dentre as novidades apresentadas, uma inédita picape média baseada na nova geração da Nissan Frontier foi o destaque da marca

O modelo será fabricado na Argentina, na fábrica de Santa Isabel. Porém, para atender a demanda mundial, a picape também será produzida no México e na Espanha. O protótipo do modelo foi batizado de Alaskan e mostrado pela primeira vez ao público durante a conferência. A nova integrante da linha Renault ficará posicionada acima da Duster Oroch, competindo com modelos como a Toyota Hilux, por exemplo.

A picape deverá contar com versões para o trabalho pesado, capaz de carregar até uma tonelada de carga, e também de passeio. Mas, segundo os executivos da Renault, o modelo não será vendido nos Estados Unidos, um dos maiores consumidores de picapes no mundo.

A Alaskan compartilhará a plataforma com a Nissan Frontier e também com a futura picape média da Mercedes-Benz. A produção do modelo da marca francesa deve começar em 2018. A fábrica que dará vida à picape receberá um investimento de US$ 600 milhões.