Enquanto o Brasil acada de receber o novo Chrysler 300c, que é equipado com um motor 3.6 de 296 cv, a Austrália recebeu uma versão muito mais nervosa do modelo. Trata-se do 300 SRT, equipado com um motor HEMI V8 de 6.4 litros e 469 cv e 64,9 kgfm de torque. O bloco é conectado a uma nova transmissão automática de oito velocidades que promete melhorar o desempenho e o consumo de combustível.

O modelo conta com um novo para-choque dianteiro com grade revisada e faróis de bi-xenon. Ainda na dianteira, ha luzes de LED para uso diurno. As rodas são de 20 polegadas. Para o mercado australiano são ofertadas duas versões de acabamento, ambas contam com volantes revestidos de couro, bancos esportivos e central multimídia Uconnect com uma tela de 8.4 polegadas. A versão topo acrescenta couro premium aos bancos, detalhes em fibra de carbono e sistema de áudio premium.

A versão mais barata custa 59 mil dólares australianos (R$ 151 mil), enquanto a topo não sai por menos de 69 mil dólares australiano (R$ 177 mil). De acordo com a imprensa internacional, o modelo será oferecido em 16 países, sendo que os Estados Unidos não receberão o sedã, a motivação seria as baixas vendas do modelo no país.