Lançado no Brasil em dezembro do ano passado por R$ 79.300, o Fiat 500 Abarth estava sendo vendido por R$ 81.710 até a semana passada, quando sofreu um reajuste de R$ 12.930 e, desde então, passou a custar elevadíssimos R$ 94 mil.

Importado do México, o esportivinho pode chegar a custar R$ 101.650 se for equipado com todos os opcionais disponíveis no configurador do site da Fiat: teto solar elétrico (R$ 4.050), sistema de som da marca Beats by Dr. Dre de 370 Watts de potência com seis alto-falantes e subwoofer instalado no porta-malas (R$ 2.150) e pintura metálica cinza Nuvoloso (R$ 1.450).

O 500 Abarth é equipado com um motor de quatro cilindros de 1.4 litro turbo, movido apenas a gasolina, que desenvolve 167 cv de potência e 23 kgfm de torque entre 2.500 e 4.000 rpm. A única transmissão disponível é a manual de cinco marchas. De acordo com os dados divulgados pela Fiat, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e atinge a velocidade máxima de 214 km/h.

Entre os seus principais equipamentos de série estão a direção com assistência elétrica, ar-condicionado automático, rodas de liga leve de 16 polegadas, suspensão esportiva, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, bancos revestidos em couro e sete airbags (frontais, laterais, cortina e para o joelho do motorista).

Fotos: Divulgação