Apresentado ao mercado argentino durante o Salão de Buenos Aires, em junho, o Mercedes-Benz AMG GT S finalmente teve o seu preço revelado no país vizinho. Tanto aqui no Brasil como na Argentina, o superesportivo é comercializado em dólares. Portanto, o seu valor final para o consumidor varia de acordo com a cotação da moeda americana, porém, a diferença de preços entre os dois países assusta, principalmente os argentinos.

No Brasil, o modelo é comercializado por US$ 329.900 (cerca de R$ 1,1 milhão na cotação atual), enquanto na Argentina, segundo concessionárias locais, o modelo será vendido por US$ 560 mil (R$ 1,9 milhão). A diferença é de 70%. Em partes, isso se explica pela nova lei de carros importados para a Argentina. Aprovada em 2014, a medida impõe até 68% de imposto sobre veículos.

O AMG GT é equipado com um motor V8 de 4.0 litros a gasolina, capaz de produzir 510 cv de potência e entregar 66 kgfm de torque. Para de 0 a 100 km/h, o bólido precisa de apenas 3,8 segundos.

Fotos: Divulgação e Dereck Gomes