A Fiat Chrysler Automóveis registrou aumento de 69% em seu lucro líquido no segundo trimestre de 2015 se comparado com o mesmo período do ano passado. Segundo os dados divulgados, o lucro foi de 333 milhões de euros, ou seja, R$ 1.229 bilhão em conversão simples.

Conforme balanço divulgado em Londres, o EBIT ajustado (medida utilizada para medir o lucro) cresceu 58% para 1,525 bilhão euros, liderado pela América do Norte, que mais que dobrou sua performance para 1,327 bilhão euros, com um forte crescimento da margem de 4,9%, no mesmo período de 2014, para 7,7%. A região que engloba Europa, Oriente Médio e África também ampliou seus resultados durante o trimestre e registrou EBIT ajustado de 57 milhões euros, comparado com equilíbrio no segundo trimestre do ano passado. Em contrapartida a esse crescimento, a Ásia e Pacífico registraram ganhos menores e houve perda na região LATAM, onde os resultados foram negativos devido à retração de mercado e amortização de investimentos.

O faturamento líquido global do grupo no trimestre cresceu 25%, para € 29,2 bilhões. As vendas mundiais totalizaram 1,2 milhão de unidades. Dentro do grupo, a marca Jeep continua a se expandir, prova disso está no aumento de 27% das vendas em relação a 2014.