Conforme publicamos mais cedo, a General Motors anunciou, nesta terça-feira (28), um investimento de R$ 16 bilhões para o desenvolvimento de uma nova família global de carros compactos para os mercados emergentes. Durante uma coletiva de imprensa realizada em São Paulo (SP), a marca detalhou uma parte desses investimentos.

Desse montante, R$ 6,5 bilhões serão investidos no Brasil – totalizando R$ 13 bilhões se somado ao aporte anunciado em agosto de 2014 para investimentos no país até 2019.

A GM informou que serão desenvolvidos seis modelos para o mercado brasileiro, mas não detalhou em quais segmentos esses carros atuarão. A marca garantiu que não pretende lançar um compacto de entrada para concorrer com o Volkswagen up! e o modelo que a Fiat pretende lançar nos próximos anos, despistando sobre o desenvolvimento de um sucessor para o Celta.

A plataforma que será utilizada em toda a nova família está sendo desenvolvida por uma parceira chinesa, mas com a ajuda de engenheiros de todos os mercados que receberão essa gama. A empresa destacou que nem todos os carros serão inéditos, dando pistas de que algum modelo atual poderá ganhar uma nova geração. O principal objetivo, segundo a GM, é criar carros seguros, conectados, mas com boa eficiência energética e preço acessível. A expectativa é vender 2 milhões de carros por ano dessa nova família global.

*Foto: Chevrolet Spark 2016, ainda sem previsões de ser lançado no Brasil.