A General Motors, representada no Brasil pela Chevrolet, planeja gastar US$ 5 bilhões (cerca de R$ 16 bilhões) para desenvolver uma nova gama de carros compactos. Os veículos seriam ricos em tecnologia e destinados a mercados emergentes como Brasil, China, Índia e México.

Segundo o presidente da GM, Dan Ammann, a plataforma e os motores serão desenvolvidos em parceria com a chinesa SAIC Motor, mas os primeiros veículos desse investimento só devem chegar às ruas em 2019. A GM espera que o programa aumente as suas vendas em mais de dois milhões de veículos por ano.

“Estamos deixando claro onde vemos oportunidades de crescimento e colocando nossas apostas. Estamos fazendo um investimento no futuro da empresa”, disse Ammann para o site Automotive News.

O executivo ressaltou que esses carros serão equipados com modernas tecnologias desejadas pelos consumidores dos mercados emergentes. Com isso, a futura gama deverá estar conectada, além de apresentar bons níveis de segurança e economia de combustível. Segundo a GM, com esse plano, a marca poderá produzir carros para mercados desenvolvidos, mas vendê-los a preços acessíveis, graças às escalas de vendas nesses mercados. Ammann acrescentou que a GM não tem planos de comercializar qualquer um dos veículos nos EUA ou na Europa.

*Nas fotos: Chevrolet Spark 2016