No mercado desde março, a linha 2016 do Toyota Corolla teve os seus preços reajustados. O sedã médio manteve os R$ 69.690 cobrados pela versão de entrada GLi 1.8 manual, mas chega a exagerados R$ 100.990 na configuração topo de gama Altis 2.0 CVT (antes custava R$ 99.990). A tabela foi atualizada no último dia 8 de julho.

Famoso pela robustez mecânica e pela ótima aceitação no mercado, o Corolla lidera o segmento de sedãs médios com folga. No primeiro semestre do ano o modelo vendeu 31.936 unidades ante os 17.196 emplacamentos do Honda Civic, o segundo colocado da categoria.

As versões de entrada do Corolla são equipadas com o motor de 1.8 litro flex, que gera 139 cv de potência com gasolina e 144 cv quando abastecido com etanol. O propulsor pode ser associado a um câmbio manual de seis marchas ou a uma caixa CVT (continuamente variável).

Já a partir as configurações XEi e Altis levam sob o capô o bloco 2.0 de 143/154 cv (gasolina/etanol) e contam apenas com a transmissão CVT.

A Toyota tenta justificar o alto preço da versão Altis ao explicar que se trata de um Corolla mais refinado, para os fãs da marca que não querem chamar tanta atenção como se estivessem em um sedã alemão de entrada.

De série, o Corolla Altis traz sete airbags, ar-condicionado digital, direção elétrica, central multimídia com TV digital, bancos revestidos em couro, faróis de neblina, luzes diurnas em LED, rodas de liga leve de 17 polegadas, entre outros itens. No entanto, faltam equipamentos de segurança, como controles de estabilidade e tração, essenciais em carros de sua faixa de preço.

Confira abaixo os preços reajustados da linha 2016 do Toyota Corolla:

Corolla GLi 1.8 manual – R$ 69.690
Corolla GLi 1.8 CVT – R$ 69.990
Corolla GLi 1.8 Upper CVT – R$ 76.360
Corolla XEi 2.0 CVT – R$ 87.770
Corolla Altis 2.0 CVT – R$ 100.990

Foto: Estúdio Malagrine/Divulgação