Imagine um carro que acelera como uma Ferrari, ronca forte como um Lamborghini e custa pouco mais da metade do preço de um Porsche 911 Turbo, o seu concorrente direto. Esse carro é o Jaguar F-Type R Coupé, o esportivo mais poderoso já produzido pela marca britânica.

Quem associa a imagem da Jaguar a sedãs luxuosos, geralmente guiados por senhores endinheirados e (pouco) ousados ao volante, certamente nem imagina que o F-Type R Coupé conta com o que há de melhor nos esportivos mais cobiçados do mundo. Antes de torcer o nariz, que tal ver essa fera em ação? Basta dar o play no vídeo de avaliação abaixo feita pela nossa equipe e aumentar o volume para ouvir o ronco do V8!

A inspiração visual do F-Type vem do clássico E-Type, dos anos 1960, tido por muitos como um dos carros mais belos de todos os tempos. Vencedor de vários prêmios de design, o desenho do F-Type pode ser considerado uma obra de arte sobre rodas.

E por falar nelas, as enormes e charmosas rodas de 20 polegadas que equipam o F-Type, feitas em alumínio e carbono, dão um toque especial ao felino.

Disponível em três versões (F-Type, F-Type S e F-Type R) e duas motorizações (V6 de 380 e 340 cv cv e V8 de 550 cv, respectivamente), o F-Type honra a linhagem de esportivos puro sangue. Em qualquer configuração ele é capaz de deixar o seu “domador” empolgado. Se estiver com o “vê-oitão” sob o capô, a experiência fica ainda mais eletrizante.

Felizmente, a Jaguar pensa como nós, e se é para testar o seu modelo atual mais cobiçado, que seja em sua versão hardcore. Trouxemos para a garagem do Carsale a versão topo de linha, a F-Type R, equipada com um poderoso motor V8 de 5.0 litros, dotado de compressor e pronto para despejar nas rodas traseiras, brutais 550 cv a 6.500 rpm e 69,3 kgfm a partir de 3.500 rpm.

O portentoso motor atua em conjunto com a transmissão automática quick-shift de oito velocidades, que permite que o motorista faça as trocas sequencialmente na alavanca do câmbio ou por meio de borboletas localizadas atrás do volante. Rápido e preciso, o câmbio não diminui nem um pouco o ímpeto do carro. Pelo contrário. Depois de provar a sua agilidade, o motorista só vai optar por fazer as trocas manualmente se ele, realmente, for do tipo que acha divertido o ato de passar as marchas.

Capaz de fazer com que o ponteiro do velocímetro aponte para os 300 km/h de velocidade máxima, o cupê de tração traseira leva apenas 4,2 segundos para sair da inércia e alcançar os 100 km/h. Basta cravar o pé no pedal da direita para sentir o corpo colando no banco a cada troca de marchas e, em um piscar de olhos, perceber que o carro já está voando baixo. E por falar em voar, este Jaguar possui uma asa traseira escondida, ativada quando o carro rompe a barreira dos 112 km/h. Nessa situação, o equipamento acrescenta 120 quilos sobre o eixo traseiro para melhorar a estabilidade.

Construído todo em alumínio, o esportivo pesa 1.650 quilos. Considerado o carro mais dinâmico e focado em performance já feito pela Jaguar, o cupê acelera vigorosamente e freia igualmente bem, graças ao freios de alto desempenho, feitos em carbono e cerâmica (oferecidos como opcional).

Além da fazer as pessoas torcerem o pescoço para admirar o seu visual, o F-Type R também impressiona pelo rugido encorpado que sai do escape de quatro saídas, semelhante ao de alguns muscle-cars norte-americanos. A sinfonia dos oito cilindros é capaz de deixar até donos de Porsche 911 com dor de cotovelo. Se tudo isso não for suficiente, basta apertar um botão no console que modifica o som para torná-lo ainda mais escandaloso, com direito a estampidos a cada troca de marcha.

Para deixar o esportivo do seu jeito, basta selecionar o tipo de acerto preferido para a suspensão, direção, relação de marchas e aceleração por meio da tela sensível ao toque no painel. Lá também estão disponíveis um medidor de força G e do pedal do acelerador.

Como não poderia deixar de ser, o F-Type R é cheio de recursos tecnológicos, como uma tecnologia que distribui automaticamente o torque para cada roda traseira (EAD). Outro mecanismo é o sistema de vetorização de torque, que aciona o freio em escalas reduzidas para forçar as rodas de dentro da curva a manter o traçado e distribuindo mais torque nas de fora através do diferencial. Já a suspensão esportiva com amortecedores de dinâmica adaptativa fazem ajustes cerca de 500 vezes por segundo para aprimorar a estabilidade.

Se o temperamento do F-Type R é totalmente diferente do que se vê nos carros da Jaguar, o luxo e o capricho com os detalhes, porém, é o mesmo. Mas isso não quer dizer que ele é careta e usa acabamentos (de gosto duvidoso) em madeira. Moderna, a cabine é digna de um superesportivo e conta com detalhes em alumínio, couro e peças emborrachadas.

Os bancos possuem regulagens para deixar o motorista e seu único acompanhante totalmente encaixados. Após inflar as abas laterais, o encosto parece ter sido feito sob medida para quem está sentado ali. Mesmo com essa pegada esportiva, os assentos são requintados, com revestimento em couro de excelente qualidade e o logotipo R no encosto.

Como acontece com quase todos os esportivos, a cabine do F-Type passa a sensação de aperto, devido à visibilidade limitada e ao teto baixo.

Jaguar F-Type R V8 de 550 cv é insanidade à moda inglesa

Custar praticamente a metade do valor de um Porsche 911 Turbo S de 560 cv (oferecido a partir de R$ 1.244.000) não faz do Jaguar F-Type R um carro barato. Com preço sugerido de R$ 662 mil, o inglês é exclusividade dos endinheirados. Ainda mais se você parar para pensar que antes de levar essa fera para a garagem de casa é preciso arcar com o IPVA e o seguro, que só aí já ultrapassam facilmente o valor de um carro zero quilômetro popular.

Além de ter a conta bancária recheada, uma coisa que você deve ter um mente antes de assinar o cheque para levar essa máquina para a casa é que o F Type R não é um carro para principiantes. Mesmo o felino sendo equipado com diversos recursos de segurança de ponta, ele tem uma tocada “old school”, ou seja, é mais permissivo e arisco, com tendência de escorregar a traseira em curvas e acelerações mais fortes, por exemplo. Portanto, se a sua habilidade de condução não estiver em jogo, esse esportivo está pronto para te proporcionar uma das experiências mais emocionantes que se pode ter ao volante. Basta ter grana e coragem.

Ficha técnica

ModeloJaguar F-Type R Coupé
PreçoR$ 662.000
MotorDianteiro, longitudinal, oito cilindros em V, quatro válvulas por cilindro, injeção direta, compressor, intercooler
Cilindrada (cm³)5.000
Potência550 cv 6.500 rpm
Torque69,3 kgfm a 3.500 rpm
Freios dianteirosDiscos ventilados
Freios traseirosDiscos ventilados
Suspensão dianteiraIndependente, McPherson, molas helicoidais
Suspensão traseiraIndependente multilink
RodasLiga leve de 20 polegadas
Pneus255/35 R20 na dianteira e 295/30 R20 na traseira
DireçãoElétrica
Peso em ordem de marcha (kg)1.650
Comprimento (metros)4,47
Largura (m)1,92
Altura (m)1,31
Distância entre-eixos (m)2,62
Tanque (litros)70
Porta-malas (litros)315
TransmissãoAutomática de oito marchas