O Uber, aplicativo de mobilidade urbana que vem provocando polêmicas com taxistas em todo o mundo, pretende colocar em prática uma ambiciosa estratégia global. Se a Tesla Motors conseguir fabricar 500 mil carros autônomos até 2020, a ideia da empresa é comprar toda a produção para formar uma frota desse tipo de veículo em todos os países onde atua.

O plano do Uber foi revelado por Steve Jurvetson, membro do conselho da Tesla, durante um evento de tecnologia nos Estados Unidos. Segundo o executivo, o CEO da companhia dona do aplicativo, Travis Kalanick, confirmou a intenção de compra de todos os carros autônomos, porém não havia recebido uma resposta de Elon Musk, CEO da Tesla.

A Tesla vem trabalhando no desenvolvimento de automóveis capazes de rodar sem motoristas e pretende lançar essa tecnologia até 2020. No entanto, a empresa não revelou quantos veículos pretende produzir. De acordo com Jurvetson, os carros autônomos serão tão convincentes que a sua adoção será inevitável.

Atualmente, Tesla e Uber já possuem uma parceria em Hong Kong, onde uma frota de carros elétricos atende à demanda pelo serviço de luxo.