A Nissan apresentou oficialmente, na semana passada, a linha 2016 do sedã médio Sentra, comercializada nas concessionárias da marca desde o começo do mês. Sem alterações estéticas ou mecânicas, o modelo continua sendo oferecido em três versões de acabamento cujos preços começam em R$ 69.190 e vão a R$ 84.990.

Entre as novidades está a oferta da série especial Unique, que já foi vendida na linha 2011, e que também está presente na gama do sedã compacto Versa fabricado no Brasil. Além disso, para aumentar a competitividade do Sentra no mercado, a Nissan passa a equipá-lo com controles eletrônicos de estabilidade e tração a partir da versão intermediária SV.

Debaixo do capô, a única atualização é a adoção do sistema de partida a frio, que eliminou o tanquinho auxiliar de gasolina do já conhecido motor 2.0 de 16 válvulas, que desenvolve 140 cv de potência e 20 kgfm de torque a 4.800 rpm quando abastecido tanto com gasolina como com etanol. Vale lembrar que a versão de entrada S continua sendo equipada com um câmbio manual de seis marchas, enquanto as demais contam com uma caixa CVT (continuamente variável).

SL_baixa (3)

Confira abaixo os preços e principais equipamentos do Nissan Sentra 2016:

Sentra S 2.0 16V manual – R$ 69.190: direção com assistência elétrica; ar-condicionado; alarme; computador de bordo; faróis de neblina; rodas de liga leve de 16 polgedas; vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico; banco do motorista com regulagem de altura; rádio com Bluetooth; volante revestido em couro com ajustes de altura e profundidade e comandos do áudio; sistema Isofix para a ancoragem de cadeirinhas infantis, entre outros.

Sentra SV 2.0 16V CVT – R$ 75.990: adiciona aos itens da versão S, ar-condicionado digital de duas zonas de resfriamento; controle de cruzeiro; bancos em couro; rádio com Bluetooth, USB/AUX e tela colorida de 4,3 polegadas; controles de tração e estabilidade.

Sentra SL 2.0 16V CVT – R$ 82.490: acrescenta faróis com acendimento automático; retrovisores com rebatimento elétrico; airbags laterais e de cortina; sensor de estacionamento traseiro; câmera de ré; sistema multimídia com tela colorida de 5,8 polegadas e Nissan Connect (permite acessar os aplicativos do smartphone); rodas de 17 polegadas; espelho interno fotocrômico.

Sentra SL 2.0 16V CVT com teto solar –R$ 84.990: mesmo pacote da configuração anterior.

Sentra Unique 2.0 16V CVT – R$ 87.490: todos os itens da SL com teto solar, mais interior revestido em couro na cor bege; soleiras das portas com iluminação; frisos laterais na cor da carroceria; inscrição “Unique” na tampa do porta-malas e nos tapetes; rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho exclusivo; alarme volumétrico; fechamento automático para todos os vidros.UNIQUE_baixa (13)

Conforto a bordo ainda é o destaque do Sentra

Como não sofreu alterações de ordem mecânica ou estrutural, o Sentra continua sendo um carro bastante amistoso para famílias. O interior acomoda com tranquilidade quatro adultos (ou dois adultos na frente e três crianças no banco traseiro) graças ao bom entre-eixos de 2,70 metros. Na hora de levar as bagagens, o porta-malas de 503 litros do sedã fabricado no México ainda leva vantagem se comparado aos compartimentos de seus dois principais rivais no mercado nacional, o Toyota Corolla e o Honda Civic, que levam 470 litros e 449 litros, respectivamente.

Em movimento, o Sentra prioriza o conforto com um rodar macio proporcionado pelas suspensões bem calibradas para absorver as irregularidades do piso. Outro ponto positivo é o bom isolamento acústico, que filtra praticamente todos os ruídos externos e do motor.

UNIQUE_baixa (28)

Falando em motor, o bloco de 2.0 litros de 140 cv compartilhado com o Renault Fluence garante desempenho adequado ao sedã – porém um pouco inferior ao de Corolla e Civic, por exemplo. O câmbio CVT limita as respostas dos comandos do acelerador e, por não simular marchas, essa transmissão não oferece a troca sequencial. Por outro lado, há um recurso que permite desligar o overdrive (por meio de um botão na alavanca), elevando as rotações do motor e garantindo mais agilidade ao veículo.

As atualizações promovidas pela Nissan são bem-vindas e chegam em um ótimo momento do Sentra no país (considerando o atual cenário do mercado nacional). Especialmente no que diz respeito à inclusão de novos equipamentos de segurança. Atualmente, o modelo é o terceiro sedã médio mais vendido no Brasil – atrás apenas de Toyota Corolla e Honda Civic, mas à frente do Chevrolet Cruze – com cerca de 1.000 unidades vendidas mensalmente.

De acordo com a Nissan, as vendas do modelo ficarão concentradas na versão topo de gama SL, com 50% do mix, seguida pela intermediária SV (45%) e pela variante de entrada S (5%).

Viagem a convite da Nissan