A Porsche anunciou nesta sexta-feira (19)s construção do último exemplar do superesportivo 918 Spyder, em sua fábrica de Zuffenhausen (Alemanha). A unidade que marca a despedida do modelo sai da linha de produção 21 meses após a fabricação do primeira.

O 918 Spyder é pode ser considerado um marco na história da Porsche. O supercarro é equipado com dois motores elétricos que trabalham junto com um bloco V8 de 4.6 litros, conta com uma estrutura feita toda em fibra carbono, possui aerodinâmica variável, além de outras tecnologias de ponta. Tudo isso faz do 918 Spyder o modelo de produção mais sofisticado já desenvolvido pela Porsche.

A união do propulsor a combustão com o conjunto elétrico geram uma força combinada de 899 cv a 8.500 rpm, suficientes para levá-lo da imobilidade até os 100 km/h em apenas 2,6 segundos. A velocidade máxima que o esportivo pode atingir é de 345 km/h, de acordo com a fabricante.

Vale lembrar que o modelo é limitado a 918 unidades e está avaliado em R$ 6,5 milhões no Brasil, onde três unidades já foram compradas. Uma vez que não serão produzidas mais exemplares e que um, inclusive, se desfez em chamas, resta nos contentar com a versão em lego.