A Honda levou ao Salão de Buenos Aires o CR-V reestilizado. O modelo, que também será comercializado no Brasil, ganhou discretos retoques no visual e manteve o conjunto mecânico.

O utilitário importado do México passa a exibir na dianteira uma grade redesenhada, acabamentos cromados e nova moldura para as luzes de neblina. Na traseira o destaque é o friso cromado que percorre o espaço entre as lanternas, logo acima da placa. As rodas de 17 polegadas têm novo desenho.

Como estratégia para distanciar o CR-V do SUV menor, o HR-V, a marca nipônica passará a oferecer o seu lançamento apenas na versão topo de linha EXL, equipada com sistema de tração 4×4 – as configurações LX e EXL com tração 4×2 deixam de ser comercializadas. Atualmente, a variante EXL 4×4 do CR-V custa R$ 115.900, enquanto que o HR-V vai de R$ 69.900 a R$ 88.700.

Sob o capô, o CR-V continua trazendo o motor 2.0 litros de quatro cilindros. A transmissão disponível é automática de cinco velocidades.