sitejagabre

Apresentado ao público brasileiro durante o Salão do Automóvel de São Paulo, no final de 2014, e lançado na Europa em maio, o Jaguar XE estreará no mercado nacional em setembro deste ano, de acordo com a informação publicada em seu site oficial. O novo modelo de entrada da marca britânica chegará para competir no segmento de sedãs premium, atualmente dominado pelos alemães Audi A4, BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C.

O site brasileiro dedicado ao XE revela que o sedã será equipado com central multimídia com tela de oito polegadas e sistema que permite conectar aplicativos se smartphones, além de itens de segurança como o Head-Up Display, que projeta as informações do painel de instrumentos no para-brisa.

Por utilizar alumínio em 75% de sua estrutura, o XE é consideravelmente mais leve que qualquer um de seus concorrentes, segundo a Jaguar. Além disso, o sedã é dotado de suspensão independente nas quatro rodas, tração traseira e sistema ASPC (All Surface Progress Control), que favorece a aderência em pisos escorregadios.

Cotado para ser produzido em Itatiaia (RJ) nos próximos anos, o XE já roda em testes no Brasil. A única unidade do modelo no país foi flagrada pelo Carsale, em primeira mão, enquanto era avaliada pela engenharia da Jaguar Land Rover(imagem abaixo).

MUN_9953

No Reino Unido, o XE é vendido nas versões SE, Prestige, R-Sport, Portfolio e S, por preços que variam entre 26.990 e 44.865 libras esterlinas (cerca de R$ 127.115 e R$ 211.300, respectivamente). No mercado britânico há a oferta de duas motorizações a diesel de 2.0 litros de 163 cv ou 180 cv, dependendo da versão. Já as configurações a gasolina são equipadas com o bloco de quatro cilindros 2.0 turbo de 180 cv, 200 cv ou 240 cv. Já a variante esportiva S leva sob o capô o motor de 3.0 litros V6 de 340 cv.

As transmissões disponíveis são a manual de seis marchas ou automática de oito velocidades (a única opção que deverá ser oferecida por aqui).