Além de ser o maior mercado de automóveis do mundo, a China é bastante peculiar no que diz respeito aos hábitos de seus consumidores, que não se importam nem um pouco em levar todas as suas economias até a concessionária para pagar por um carro novo.

Em abril, uma mulher foi até uma loja com 100 mil notas de baixo valor para comprar um BMW e agora a imprensa local mostra a história de um homem que resolveu fazer o pagamento de um automóvel com moedas. O cliente, de sobrenome Gan, escolheu um modelo de luxo (não revelado) de 680 mil iuans (cerca de R$ 345 mil) e decidiu pagar 660 mil iuans (R$ 334.700) em moedas.

Para carregar todo esse dinheiro (que totalizou quatro toneladas) foi necessária a ajuda de dez pessoas, que levaram uma hora para transportar o montante para dentro da loja. De acordo com Gan, ele levou apenas três meses para juntar a quantia no posto de combustíveis onde trabalha, pois os motoristas de ônibus que lá param costumam pagar os abastecimentos com moedas.