Chevy-perua

A sexta geração do Chevrolet Camaro está dando trabalho ao designer húngaro X-Tomi. Após imaginar as versões conversíveis e Z/28, além de uma configuraçãopelada com motor do Volkswagen up!, o artista criou as variantes sedã e perua para do muscle-car cuja proposta é oferecer o desempenho de um esportivo com espaço e versatilidade para as famílias. Ainda bem que para o alívio dos puristas tudo não passa de projeções.

Chevy-seda

 

Esta não é a primeira vez que X-Tomi faz esse tipo de arte. Em outubro do ano passado ele imaginou uma série de esportivos em suas versões mais populares e, apenas um mês depois, criou projeções dos esportivosna configuração picape.

Vale lembrar que, assim como o novo Ford Mustang, o Camaro entra na era do downsizing, com o objetivo de aumentar a eficiência reduzindo o consumo e as emissões, e passa a utilizar uma motorização de quatro cilindros de 2.0 litros turbo. O propulsor, que já provoca polêmica entre os fãs do modelo, gera 278 cv de potência e 40,7 kgfm de torque.

Além do bloco de quatro cilindros, o muscle-car terá à disposição o motor de 3.6 litros V6 de 340 cv e 39,2 kgfm, dotado do sistema que desativa dois dos seis cilindros. Já a versão topo de gama SS mantém a motorização de 6.2 litros V8, porém aprimorada para render 461 cv (o atual entrega 426 cv) e 64,4 kgfm de torque. A versão conversível, que só deve ser apresentada no próximo ano, deverá manter as opções de motores.