clio_work

 

A Renault apresentou uma novidade ao mercado argentino. Trata-se do Clio Work, uma versão de carga do compacto. Mecanicamente, o hatch não possui alterações em relação ao modelo convencional vendido por lá, ou seja, é equipado com o motor de 1.2 litro de 16 válvulas a gasolina, que desenvolve 75 cv de potência a 5.500 rpm e 10,7 kgfm de torque a 3.500 rpm.

clio_work2

Com a remoção do banco traseiros, o Clio passou a pesar apenas 906 kg, sendo capaz de carregar 474 kg de carga ou 1.000 litros. A versão é semelhante ao Fiat Uno Furgão, que recentemente chegou a linha 2016no Brasil.

 

Porém, diferentemente do compacto da marca italiana, o Clio Work é equipado com direção hidráulica, ar-condicionado e som com conexões USB, auxiliar, cartão de memória e Bluetooth.

O Clio é o quarto modelo mais vendido na Argentina, registrando 1.693 emplacamentos em abril. A versão Work é oferecida por 116 mil pesos (ou R$ 40.830 em conversão simples), o que o posiciona como o modelo mais barato do mercado argentino.