hyundai-eon-1-litre-kappa-road-test-review-india-zigwheels-20062014-g09_640x480

De acordo com um levantamento feito em abril pela consultoria automotiva JATO Dynamics, o número de emplacamentos de automóveis com motorização 1.0 tem caído consideravelmente no decorrer da última década no Brasil. Esse tipo de propulsor, que já esteve presente em mais de 60% dos carros comercializados em 2004, representou menos de 40% dos emplacamentos no ano passado.

Segundo a JATO, o desenvolvimento de motores cada vez mais eficientes contribuiu para a migração dos consumidores brasileiros para os propulsores de maiores cilindradas (de 1.4 a 1.8 litro, principalmente). O relatório diz ainda que a demanda por veículos maiores, como os SUVs, fez com que as motorizações acima de 2.0 litros ganhassem espaço no mercado. No primeiro trimestre do ano, esses motores representaram 19,07% dos emplacamentos ante 8,29% de participação em 2004.

jatotabela

Líderes de mercado

A lista abaixo mostra os modelos que lideraram o mercado em 2004, 2009 e 2014 de acordo com as suas motorizações. Entre os carros 1.0 não houve grande mudança, enquanto a categoria com motor de 2.0 litros foi dominada por diversos modelos em cada época – há dez anos, o segmento era liderado pelo Chevrolet Astra, enquanto o atual líder é o Toyota Corolla, que aumentou as suas vendas em mais de 60% em comparação com uma década atrás.

jatotabela1