Conhecida por suas criações provocantes, principalmente, em supercarros da Ferrari e Porsche, a preparadora nipônica Liberty Walk, sediada em Nagóia, ataca desta vez com um projeto feito especialmente para o Mini Cooper.

Como de costume a preparadora focou em deixar o modelo com visual agressivo. Para isso, equipou o Mini com um pacote aerodinâmico que inclui novos para-choques, difusores, saias laterais, para-lamas ressaltados e aerofólio traseiro.

De acordo com a Liberty, o kit feito de material plástico sai por US$ 6.100 (cerca de R$ 17,7 mil, em uma conversão simples), enquanto que com peças em fibra de carbono custa US$ 7.500 (cerca de R$ 21,8 mil). Cada item também pode ser adquirido separadamente, sendo que o mais em conta é a asa traseira (US$ 510 / R$ 1,5 mil).