A empresa de leilões Barrett-Jackson anunciou que um dos três Volkswagen Fusca 1963 utilizados na série de filmes “Herbie – Se meu Fusca Falasse” foi leiloado por nada menos que US$ 126.500, ou cerca de R$ 374 mil em conversão simples.

Entre os documentos que comprovam a autenticidade do modelo está uma cópia do título de propriedade de 1972, que consta a empresa Walt Disney Productions como proprietária do veículo. O Herbie foi adquirido pelo historiador Bob Hoag em 9 de agosto de 1980. Logo em seguida, o Fusca foi restaurado para participar do filme “Herbie Goes to Monte Carlo”, quando foi comprado por Arthur Porter.

Em 2000, o carro foi vendido para Scott Valvet, do Museu do Rock e Country, em Hollywood, na Califórnia. Mas Scott resolveu vendê-lo ao museu Burketts, também na cidade do cinema. Porém, pouco depois, a propriedade fechou e o carro foi a leilão. Foi quando Doug Kaufmann, um entusiasta de Herbie e colecionador, comprou o carro, levando-o para restaurar o interior exatamente como era quando participou dos filmes da Disney.

O para-choque original também foi reinstalado, além de uma revisão completa na parte mecânica. Entre as curiosidades, chama atenção o fato da produtora de filmes usar um carro para cada tipo de cena e, portanto, nem todos rodavam. O Herbie que foi a leilão era identificado pela Disney como “5916” e era utilizado para “esguichar óleo”, como na famosa cena em que suja um policial. Prova disso é que ele ainda contava com o suporte original da bomba de óleo no último leilão.