Na década de 90 a concorrência entre os esportivos nacionais foi grande. Na verdade foi um período bastante fértil de nossa história recente, onde as marcas disputavam esse nicho de mercado com unhas e dentes, trazendo lançamentos de fora e tecnologia, em alguns casos.

O Calibra é um exemplo. O design alemão da Opel fez dele um carro elogiável sob vários pontos de vista, tanto se levarmos em conta o coeficiente aerodinâmico ou mesmo a tecnologia do motor de 2 litros e 150 cv.

Por aqui ele se tornou um dos mais rápidos e admirados. Naquela época os cupês faziam sucesso e a Chevrolet acertou em cheio. Aproveitem o passeio e conheçam cada detalhe desse exemplar extremamente bem conservado.