i8

A BMW precisou dobrar a produção do superesportivo híbrido i8 para dar conta da alta procura pelo veículo. Em novembro do ano passado, a lista de espera pelo modelo fabricado em Leipzig, na Alemanha, era de até 18 meses.

O chefe de produção da marca, Harald Krueger, confirmou durante coletiva de imprensa que a marca se organiza para divulgar informações sobre suas operações, mas já adiantou que a planta de Leipzig está fazendo 20 novos i8 por dia, portanto, o dobro do que era feito até pouco tempo.

De acordo com Krueger, a lista de espera do i8 é de quatro meses atualmente, mas será reduzida significativamente com esta medida. Assim, não devemos ver mais entusiastas pagando até US$ 100 mil de ágio. Vale lembrar que a BMW trabalha na possibilidade de adicionar mais um modelo a sua linha i, mas que chegaria ao mercado apenas em 2020.