A indústria chinesa acredita realmente que cópias de carros consagrados podem fazer sucesso. Depois de vermos uma cópia bizarra do BMW i3, é a vez do Volkswagen Fusca sofrer com um Frankenstein chinês.

Na mesma exposição que está a cópia do elétrico alemão, em Shandong, a VIDOEV mostrou um plágio de qualidade duvidosa do Fusca. O veículo também está distorcido em relação ao modelo original, tudo para acomodar portas traseiras. Por razões inexplicáveis, o carro possui saída de escape, mesmo se tratando de um modelo elétrico.

Criado por uma empresa cujo logotipo é parecido com o da Nissan, mas com grafismo semelhante ao da Volvo, a imitação ainda não possui nome, mas entrará em produção no início do próximo ano. A cabine ainda não finalizada, mas também é inspirada no Fusca.

Equipado com um motor elétrico, o “sósia chinês” desenvolve cerca de 30 cv de potência e conta com uma antiquada bateria de chumbo. O preço ainda não foi divulgado, mas os representantes da VIDOEV acreditam que deverá partir de US$ 16.100, ou cerca de R$ 50 mil em conversão simples.