De acordo com uma matéria publicada, na última sexta-feira (20), no site da revista britânica Autocar, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) trabalha no desenvolvimento de dois novos crossovers globais que ficarão posicionados acima do Fiat 500X e do Jeep Renegade. Segundo a publicação, esses modelos utilizarão uma versão alongada da plataforma compartilhada pelos SUVinhos da Fiat e Jeep e deverão chegar ao mercado em meados de 2016.

O lançamento desses crossovers faz parte da nova estratégia da FCA, que é direcionar os planos da empresa para os segmentos que mais cresceram e geraram lucros na Europa nos últimos anos: os de SUVs e de modelos premium, seguidos pelos compactos urbanos.

Já representada pela Alfa Romeo e Maserati nos mercados de luxo e pela família 500 entre os compactos, a Fiat quer aumentar a sua participação no segmento de utilitários esportivos e crossovers lançando um modelo de porte médio, próximo ao do Hyundai ix35, por exemplo. Segundo a Autocar, o novo SUV da Fiat será batizado de 500XL.

 

No caso da Jeep, o irmão maior do Renegade chegaria em 2016 para substituir de uma só vez o inexpressivo Compass e o antiquado Patriot.

Segundo a Autocar, o desenvolvimento dos crossovers maiores será viável por conta do alto grau de compartilhamento de componentes entre os novos SUVs da Fiat e Jeep.

 

 

Falando em Jeep, a marca realiza nesta segunda-feira (23), no Rio de Janeiro (RJ), o lançamento do Renegade para a América Latina (o Carsale participa do evento e publicará informações, preços e impressões do veículo oportunamente). A versão nacional do jipinho já começou a ser fabricada em Goiana (PE) e será vendida nas configurações Sport, Longitude e Trailhawk.

As duas primeiras versões são equipadas com o motor de 1.8 litro flex de origem Fiat, otimizado para entregar potência na casa dos 140 cv. Este propulsor é associado a um câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades.

Todas as configurações do Renegade poderão ser equipadas com a motorização MultiJet II de 2.0 litros turbodiesel de 170 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. A transmissão é sempre automática de nove marchas, com sistema de tração 4×4.