linhadeproducaook

O Brasil perdeu o posto de líder em produção de veículos da América Latina. As informações são do relatório da Organização Internacional de Construtores de Automóveis (Oica), com dados de fechamento de 2014.

De acordo com a entidade, o Brasil produziu no último ano 3.146.118 veículos (2.314.789 automóveis e 831.329 comerciais leves) — queda de 15,3% comparando com 2013. Já o México, que liderou o ranking na América Latina, fechou o período com a produção de 3.365.306 unidades (1.915.709 automóveis e 1.449.597 comerciais leves) — alta de 10,2% ante 2013.

Na classificação global, o Brasil levou a oitava colocação, enquanto que o México ficou uma à frente. Os líderes foram China, Estados Unidos, Japão, Alemanha, Coreia do Sul e Índia, nessa ordem.

Vale relembrar que em termos de vendas, 2014 também trouxe retração para o mercado brasileiro, que encerrou os 12 meses com cerca de 3.497.811 veículos (somando automóveis, comerciais leves e ônibus), o que resultou em queda de 7,1% em comparação com 2013.

Este ano ano, no entanto, o mercado dá sinais que continuará a retroceder. Isso porque o último mês de fevereiro foi considerado o pior fevereiro desde 2008. A queda nas vendas chegou a 26,18% (290.215 veículos), ante o mesmo mês de 2014.

“Desde o ano de 2008 (191.106 emplacamentos) não tínhamos um fevereiro tão ruim e vários foram os fatores para este cenário de queda. O principal fator, que tem impacto na queda sucessiva das vendas, é a baixa atividade econômica, atrelada a alta da inflação, das taxas de juros que abalam ainda mais a oferta de crédito, o alto índice de endividamento das famílias e a perda da confiança da população, que passa a temer o desemprego. Além disso, o mês de fevereiro foi afetado pelo menor número de dias úteis (17 dias) devido o feriado de carnaval”, explicou Luis Moan, presidente da Fenabrave.

Confira abaixo o ranking com os 10 primeiros colocados em produção global em 2014.

País
Produção 2014 (unidades)
Variação (ante 2013)
China23,722,8907,3%
Estados Unidos11,660,6995,4%
Japão9,774,5581,5%
Alemanha5,907,5483,3%
Coreia do Sul4,524,9320,1%
Índia3,840,160-1,5%
México3,365,30610,2%
Brasil3,146,118-15,3%
Espanha2,402,97811,1%
Canadá2,393,8900,6%