Ao longo dos seus 56 anos de produção no Brasil (o modelo foi descontinuado no final de 2013), a Volkswagen Kombi ficou famosa pela sua versatilidade. O carismático utilitário foi uilizado em diversas atividades profissionais, que vão desde o transporte escolar, passando por ambulância e até mesmo como trailers de venda de refeições rápidas (atualmente conhecidos como foodtrucks).

Pouca gente deve ter imaginado uma Kombi em competições, uma vez que a vocação do modelo é estritamente para o trabalho. Mas há alguns anos, o britânico Wayne Alman decidiu transformar uma clássica Kombi fabricada em 1965 em um dragster para participar de provas de arrancadas. O idealizador da maluquice montou a cabine da van sobre um chassi próprio para essa finalidade e instalou um enorme motor Keith Black de 8.6 litros V8 capaz de gerar absurdos 2.000 (sim, dois mil) cv de potência.

Batizada de Mental Breakdown (algo como colapso mental, em tradução livre), a Kombi de Alman atingiu recentemente a marca de 288,4 km/h em uma prova de arrancada em Northamptonshire, no Reino Unido. Ah, e para chegar a essa velocidade a “monstrenga” precisou de apenas 7.92 segundos. Confira a disposição dessa “Velha Senhora” no vídeo acima, publicado pelo canal Barcroft Cars.