A BMW revelou uma versão do cupê M4 desenvolvida para ser utilizada como safety car da temporada 2015 da MotoGP. Além das modificações necessárias para o uso nas pistas, o carro estreia um sistema de injeção de água criado para otimizar o desempenho e reduzir o consumo de combustível. Sem determinar um prazo, a marca alemã disse apenas que a tecnologia será estendida a seus carros de produção “num futuro próximo”.

Segundo os engenheiros da divisão M, o sistema espirra um fino spray de água no coletor de admissão para esfriar o ar a ser misturado com o combustível de modo que o ponto de ignição atinja o valor ideal para criar um processo de combustão mais efetivo.

A água utilizada no processo é armazenada em um reservatório à prova de congelamento com cinco litros de capacidade, localizado no porta-malas do carro. O sistema leva o líquido até o motor por meio de uma bomba e válvulas com sensores controladas pela central eletrônica do propulsor. A água é injetada no coletor a uma pressão de 10 bar, enquanto o volume utilizado depende de diversos fatores, como velocidade e temperatura do motor.

O M4 é equipado com um seis-em-linha de 3.0 litros biturbo a gasolina que desenvolve 431 cv de potência e 56 kgfm de torque. O modelo acelera de 0 a 100 km/h em 4.1 segundos.