i8

Após o lançamento internacional dos novos X5 M e X6 M, o chefe da divisão de alto desempenho da BMW, Carsten Pries, em entrevista ao site CarAdvice, falou sobre os futuros planos da marca alemã, destacando o que pensa a respeito dos carros elétricos e híbridos desenvolvidos pela divisão i.

Segundo o executivo, um modelo com esse tipo de propulsão, mas dotado de preparação da divisão Motorsport, está longe de se tornar realidade. O motivo, de acordo com Pries, são as baixas vendas desse tipo de veículo, o que acaba tornando o custo de desenvolvimento inviável. Ainda segundo o executivo, atualmente o segmento está longe de ser relevante, pois as vendas são feitas apenas para quem quer se destacar na multidão, especialmente pelos altos preços.

Pries ainda elogiou os modelos McLaren P1, LaFerrari e Porsche 918 Spyder, classificando-os como supercarros elétricos excitantes, mas voltou a tocar na questão dos valores. Por fim, foi descartada a possibilidade da divisão M trabalhar no híbrido i8, uma vez que isso influenciaria consideravelmente na eficiência do esportivo.