A chinesa BYD, que recentemente confirmou o investimento em uma fábrica no Brasil, anunciou um novo modelo para o mercado de seu país de origem. Trata-se do SUV híbrido batizado de Tang, nome inspirado na Dinastia Tang, que, segundo a marca, foi uma das mais prósperas entre todas as dinastias chinesas.

O Tang é equipado com um bloco de quatro cilindros de 2.0 litros turbo a gasolina capaz de gerar 205 cv de potência e 32,6 kgfm de torque. O propulsor trabalha em conjunto com dois motores elétricos com 150 cv cada, atingindo a potência total combinada de 505 cv e 73,4 kgfm. Utilizando um câmbio automático de seis marchas, o utilitário esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos.

Na lateral do modelo há a inscrição “5-4-2″ que faz, de maneira um tanto confusa, alusão aos principais atributos do modelo. De acordo com a marca, a tradução seria quase um slogan: “em menos de cinco segundos você chega aos 100 km/h; com quatro rodas você dirige por 100 km e gasta menos de dois litros de combustível”.

Há também duas versões especiais do Tang, a Limited, com apenas 98 exemplares produzidos, e a Ultimate Edition que terá 200 unidades fabricadas. A primeira traz atualizações estéticas, tanto no interior, quanto nas rodas de liga leve. Com isso, o Tang Limited custa US$ 48.356 ou R$ 124 mil em conversão direta. Por último, o Tang Ultimate Edition traz ajustes aerodinâmicos, capaz de fazer o SUV chegar aos 100 km/h em apenas 4,4 segundos. Com base nos dados divulgados pela fabricantes, esses números tornam o modelo o terceiro SUV mais rápido do mundo, atrás apenas do BMW X6 M e do Mercedes-Benz AMG GLE 63. Porém, para contar com o modelo, é necessário desembolsar o dobro, ou seja, US$ 96.530 ou R$ 248 mil.