A rara Ferrari 275 GTB Competizione que venceu as 24 Horas de Le Mans de 1966 atingiu um novo recorde de preço após ser arrematada por US$ 9,4 milhões (cerca de R$ 24,5 milhões) em um leilão realizado nos Estados Unidos. O carro de chassi número 09079 é o 11º de 12 unidades produzidas.

Na época em que fora utilizado em competições, o carro pertencia à equipe Filipinetti. Na ocasião, a dupla suíça Dieter Spörry e Gianwirco Steinemann liderou a prova desde o começo. Dois anos mais tarde, o modelo venceu outras duas provas: os Mil Quilômetros de Spa-Francorchamps, na Bélgica, e os 500 Quilômetros de Imola, na Itália.

A 275 GTB Competizione era montada sobre um chassi mais leve que o utilizado no carro de produção e ainda contava com tanques de combustível duplos e uma preparação no motor V12 de 3.3 litros, que superava os 300 cv de potência. No mesmo leilão, outras cinco Ferraris foram arrematadas, acumulando mais de US$ 2 milhões (R$ 5,2 milhões) de arrecadação.