Principal aposta global da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para 2015, o utilitário esportivo Renegade é a grande atração do estande da Jeep no Salão de Detroit, onde está sendo exposto em caráter de pré-lançamento. De acordo com a marca, o modelo será lançado oficialmente no mercado norte-americano em fevereiro, durante um evento a ser realizado no estado da Califórnia.

De acordo com informações apuradas pelo Carsale, a versão americana do jipinho será importada da Itália e, diferentemente dos modelos brasileiro e europeu (na galeria de imagens abaixo), não terá a opção de motorização a diesel. Nos Estados Unidos, o Renegade será equipado apenas com motores movidos a gasolina, sendo um naturalmente aspirado e outro turbinado.

O primeiro é o bloco de quatro cilindros de 2.4 litros de 16 válvulas Tigershark MultiAir II, desenvolvido pela Chrysler em parceria com a engenharia da Fiat. O propulsor confeccionado em alumínio é dotado de comando variável de válvulas com acionamento eletrohidráulico na admissão para favorecer a eficiência energética. O motor, já utilizado no sedã médio Dodge Dart, desenvolve 182 cv de potência a 6.400 rpm e 24,1 kgfm de torque a 3.900 giros.

A outra opção, também de quatro cilindros, possui 1.4 litro de capacidade de deslocamento e gera 162 cv a 5.500 rpm, porém entrega o torque máximo de 25,4 kgfm entre 2.500 e 4 mil rpm graças à utilização do turbocompressor.

O motor maior será associado a um câmbio automático de nove marchas, enquanto o menor estará disponível com uma caixa, também automática, de seis velocidades. A Jeep não diz se oferecerá transmissão manual naquele país.

O Renegade será vendido nos Estados Unidos em quatro versões com variantes de tração dianteira ou nas quatro rodas: Sport, Latitude, Limited e Trailhawk (somente 4×4). A motorização de 2.4 litros estará disponível para todas as configurações, ao contrário da 1.4 que será oferecida apenas na Sport e Latitude.

 

A estreia do Renegade no Brasil deverá ocorrer em março, logo após os lançamentos nos Estados Unidos e Europa. O jipinho chegará ao mercado nas versões Sport, Longitude e Trailhawk. De acordo com a matéria apurada pelo UOL Carros, o modelo terá preços entre R$ 65 mil e R$ 120 mil, dependendo da configuração.

As versões de entrada da variante brasileira será equipada com o conhecido motor e.Torq de 1.8 litro flex disponível em alguns modelos da Fiat. Para utilizá-lo no Renegade, a Chrysler promoveu algumas alterações para aumentar a potência e o torque, cujos números ainda não foram revelados (a marca diz que a potência será superior a 140 cv). Esse propulsor será associado a uma caixa manual de cinco marchas ou automática de seis velocidades.

Todas as configurações do Renegade nacional poderão ser equipadas com o bloco MultiJet II de 2.0 litros turbodiesel e câmbio automático de nove marchas. O motor gera 170 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. Segundo a Jeep, esse será o propulsor padrão da versão topo de gama Trailhawk.

Além disso, o modelo será o primeiro utilitário compacto fabricado no Brasil a er equipado com teto solar removível e o primeiro carro nacional a contar com assistente de estacionamento automático.

Viagem a convite da General Motors do Brasil