2014-Ford-F-150-SVT-Raptor-1a

Com os preços dos combustíveis no seu ponto mais baixo em cinco anos e ainda caindo, os visitantes do Salão do Automóvel de Detroit, entre os dias 12 e 25 de janeiro, não devem ficar surpresos ao ver novas picapes e veículos de desempenho tirando os carros econômicos dos holofotes.

O tema desempenho será o ponto forte do Salão, mas a definição do assunto continua a evoluir, fazendo os consumidores refletirem no sentido de possuírem veículos potentes, porém eficientes. Por exemplo o novo Acura NSX, que é equipado com um motor V6 e sistema de tração integral e conta com motores elétricos para aumentar a produção e economia.

A exposição ainda contará com novas versões de desempenhos do Cadillac CTS-V, do Lexus GS F e do Mini Cooper John Cooper Works. Além deles, a Ford deve lançar uma série limitada para suceder o esportivo GT, além do início da produção em série do Mustang Shelby GT350 R. Completando uma nova parte no portfólio de produtos de desempenho, o Focus RS deve ganhar preços acessíveis.

Sem dúvidas que o melhor dos dois mundos se reúnem na próxima geração da Ford F-150 SVT Raptor, que terá concorrência acirrada dos japoneses, com as redesenhadas Nissan Titan e Toyota Tacoma.

Crossovers pensados para as famílias também marcaram presença, inclusive o novo Audi Q7 e o Lexus RX. Também devem aparecer versões conceito da próxima geração do Honda Pilot e um modelo de cinco passageiros da Volkswagen.

Porém, fãs dos carros verdes não ficaram desapontados. O novo Chevrolet Volt está em exposição, assim como a versão mais recente do Hyundai Sonata híbrido, além do novo veículo movido a célula de combustível da Honda.