Uma réplica laranja do Lamborghini Diablo está a venda por US$ 48.900 ou R$ 131.430 em conversão simples. Baseado no Pontiac Fiero, o modelo, obviamente, não é alimentado pelo orgiginal V12, mas sim por um motor V8 proveniente de um Camaro. Completa o conjunto mecânico, a transmissão de um Porsche 911. O exemplar diferenciado está nos Estados Unidos, no estado de Idaho.

A versão que está à venda se parece bastante com o modelo apresentado no Salão de Genebra em 1993, ou seja, a primeira evolução do Diablo, que começou a ser fabricada em 1990. Portanto, temos uma réplica do Diablo VT, o primeiro a ganhar tração integral de acordo com as condições de aderência. Quando as condições eram normais, o superesportivo mantinha a tração traseira, porém, se os pneus traseiros derrapassem, até 25% da potência era transferida para as rodas dianteiras.

O Diablo marcou o primeiro modelo produzido pela marca após a compra pela Chrysler, ainda assim o modelo levava a assinatura do design italiano Marcello Gandini, que também assinou os dois modelos anteriores, Miura e Countach.

Produzidos entre 1990 e 2001, com diversas modificações, obviamente, o Diablo sempre recebeu o bloco V12 de 5.7 litros. O mais poderoso durante os 11 anos de produção foi o modelo que fazia parte da comemoração dos 30 anos da marca, o SE30 Jota, que contava com 600 cv e 65,2 kgfm de torque. Essa série especial Jota teve apenas 28 exemplares fabricados.

Confira a evolução do Lamborghini Diablo: