Prestes a ser lançado no Brasil, o Jeep Renegade já circula pelo País com menos camuflagens. O carro fotografado pelo leitor Afonso Ricca, em Ubatuba, no litoral norte do estado de São Paulo, não contava com disfarces na grade frontal e nem no para-choque dianteiro, enquanto os emblemas das rodas com o logotipo da marca estavam à mostra.

Como é possível ver nas fotos, o Renegade flagrado conta com para-choques e capas dos retrovisores na cor preta. Se o modelo brasileiro seguir o padrão de acabamento mostrado no site da Jeep e adotado no carro a ser vendido na Europa e nos Estados Unidos, trata-se de uma unidade da versão intermediária Longitude, uma vez que a configuração de entrada Sport não possui maçanetas pintadas na cor da carroceria e nem o rack no teto. Já a versão topo de gama diferencia-se pelo visual voltado para o fora-de-estrada, pelo para-choque com desenho exclusivo e incrementado por ganchos de reboque na cor vermelha.

 

Além disso, o carro é equipado com câmbio manual, denunciando ser a caixa de cinco marchas padrão para a motorização e.Torq de 1.8 litro flex de origem Fiat, com potência na casa dos 140 cv. O propulsor poderá ser associado à transmissão automática de seis velocidades.

O Jeep Renegade deverá ser lançado em março, com preços entre R$ 70 mil e pouco acima dos R$ 100 mil, dependendo da versão. Além do motor flex, o jipinho poderá ser equipado com o bloco de 2.0 litros turbodiesel MultiJet II de 170 cv e câmbio automático de nove marchas.