multa

O Departamento de Polícia de Vancouver, no Canadá, utilizou a sua conta no Twitter para satirizar o motorista de um Lamborghini Huracan que teve o carro apreendido após ser flagrado rodando acima do limite de velocidade em uma via da cidade. O tweet postado com uma imagem do carro e do radar que flagrou a penalidade dizia o seguinte: “Lamborghini: $ 275 mil (dólares canadenses); multa por excesso de velocidade: $ 368; ver o seu esportivo sendo rebocado para ficar no pátio por sete dias: não tem preço”.

De acordo com o jornal canadense National Post, o dono do superesportivo, um homem de 30 anos cujo nome não foi divulgado, foi autuado por trafegar a 102 km/h em uma via onde a velocidade máxima permitida é de 50 km/h.

B34zwyfCcAEIznw