A instabilidade econômica, acompanhada da grande carga tributária imposta pelo governo, têm deixado os carros zero quilômetro cada vez menos acessíveis na Argentina. Um exemplo disso é o preço da nova versão topo de gama do Nissan Sentra vendido no país vizinho: 368.490 pesos ou R$ 110.188, em conversão direta.

Importado do México, como o carro comercializado no Brasil, o Sentra Exclusive é equipado com motor de 1.8 litro, movido somente a gasolina, de 131 cv de potência e câmbio CVT (continuamente variável). Entre os itens de série estão airbags frontais, laterais e de cortina; freios com ABS; interior revestido em couro; retrovisores externos com desembaçador; controle de cruzeiro e sistema de multimídia da grife Bose com tela de 5,8 polegadas sensível ao toque, GPS, Bluetooth e conexões USB/iPod/AUX.

No Brasil, o Sentra é oferecido em três versões: S (a partir de R$ 64.490), SV (R$ 70.690) e SL (R$ 76.990), todas equipadas com motor de 2.0 litros flex de 140 cv. A primeira é dotada de câmbio manual de seis marchas, enquanto as demais contam com a caixa CVT.