SONY DSC

À venda há apenas dois meses, o novo Ford Ka vem crescendo consideravelmente dentro do segmento de entrada. O modelo passou de 7.093 emplacamentos em setembro para 9.603 em outubro, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Com 20.374 unidades vendidas até o final do mês passado, o compacto já aparece na sétima posição da categoria.

Apesar do bom desempenho nas vendas, o novo Ka já sofreu um pequeno aumento nos preços em comparação com a tabela divulgada pela Ford na ocasião do lançamento oficial, realizado em agosto. A configuração hatchback com motorização 1.0 está R$ 600 mais cara – a versão de entrada SE, por exemplo, passou de R$ 35.390 para R$ 35.990. As versões equipadas com o motor de 1.5 litro, entretanto, não sofreram alterações nos preços.

Já a variante sedã sofreu reajuste em todas as versões, independentemente da motorização. O Ka+ com motor 1.0 ficou R$ 1.000 mais caro, enquanto as opções com o propulsor de 1.5 litro tiveram um aumento de R$ 400. A versão SEL 1.0, apresentada durante o lançamento com preço sugerido de R$ 42.490, não está disponível no configurador do site da Ford. O modelo, que teve apenas duas unidades vendidas em setembro, chegou a 881 emplacamentos em outubro, garantindo a décima posição no segmento de sedãs compactos.

Confira na tabela abaixo quanto passa a custar o novo Ford Ka:

Versão
Quanto era
Quanto ficou
Diferença
Ka SE 1.0R$ 35.390R$ 35.990R$ 600
Ka SE Plus 1.0R$ 37.390R$ 37.990R$ 600
Ka SEL 1.0R$ 39.990R$ 40.590R$ 600
Ka+ SE 1.0R$ 37.890R$ 38.890R$ 1.000
Ka+ SE Plus 1.0R$ 39.890R$ 40.890R$ 1.000
Ka+ SEL 1.0R$ 42.490não disponívelnão disponível
Ka+ SE 1.5R$ 42.890R$ 43.290R$ 400
Ka+ SE Plus 1.5R$ 44.890R$ 45.290R$ 400
Ka+ SEL 1.5R$ 47.490R$ 47.890R$ 400