bmw-i3-10

A BMW já pensa em ampliar a gama de carros da linha “i”. Após o superesportivo i8, híbrido movido à gasolina e eletricidade, e o totalmente elétrico i3, pode chegar ao mercado um modelo movido à célula de combustível.

De acordo com o site Autocar, o novo carro da família i seria chamado i5 e adotaria a tecnologia do Toyota Mirai, portanto utilizaria hidrogênio como combustívele contaria com uma autonomia próxima aos 483 km.

Ainda de acordo com a publicação, a criação do i5 seria uma resposta a um possível modelo da Mercedes-Benz também desenvolvido para rodar com hidrogênio. Os modelos, se saírem do papel, devem chegar ao mercado apenas em 2017.