A Toyota antecipou o futuro, ao menos de acordo com a própria marca. O conceito FCV, que esteve no Salão do Automóvel de São Paulo, finalmente foi apresentado como veículo de produção. Batizado de Mirai (futuro em japonês), o veículo vai à venda no próximo ano.

O grande destaque fica por conta da sua tecnologia. O Toyota Mirai é movido a partir de células de combustível formadas por hidrogênio. Com isso o veículo é capaz de viajar 483 quilômetros antes de executar um reabastecimento, que leva menos de cinco minutos.

O lançamento do carro, em abril de 2015 para o Japão e no fim do ano nos EUA e Europa, coincidirá com o início do plano de desenvolvimento de uma infraestrutura de reabastecimento de hidrogênio em cinco estados norte-americanos. Em parceria com a Air Liquide, doze estações serão abertas em Nova York, Massachusetts, Nova Jersey, Rhode Island e Connecticut.

Detalhes de versões e preços finais não foram divulgados, mas no Japão o Toyota Mirai vai custar cerca de 7 milhões de ienes, cerca de US$ 60,3 mil.